camtra@camtra.org.br Tel: +55 21 2544 0808

"Todas as mulheres são trabalhadoras.
Em casa ou na rua"

O lançamento de nossa campanha Contra Cultura do Estupro #meunãoimporta foi divulgado no Boletim Informes da Rede, da Rede de Comunidades Saudáveis do Estado do Rio de Janeiro.
O Fundo Fiduciário das Nações Unidas pelo Fim da Violência contra as Mulheres ( UN Trust Fund to End Violence against Women) produziu um vídeo sobre as vivências da CAMTRA e do Núcleo de Mulheres Jovens da CAMTRA em nosso trabalho de enfrentamento à violência contra as mulheres, incluindo nossa campanha Contra Cultura do Estupro #meunãoimporta.
Em setembro de 2016, Ana Carolina Lacerda, estagiária de Relações Internacionais da CAMTRA, foi entrevistada pelo site da organização Sem México sobre a atual conjuntura política do Brasil. A entrevista teve como foco a luta dos direitos das mulheres diante de um cenário de possíveis retrocessos políticos e foi concedida durante o evento "Uso Estratégico e Inovador das Tecnologias da Informação e a Comunicação –TICs-, para a defesa dos direitos das mulheres promovido pelo Fondo Acción Urgente - LAC" que aconteceu em Medellín, na Colômbia.







Em março de 2016, a CAMTRA foi entrevistada pela jornalista Cristiane Vianna Amaral para a 45° edição da Ideias em Revista, publicação do SISEJUFE.
A página do Fundo Fiduciário das Nações Unidas pela Eliminação da Violência contra as Mulheres escreveu uma matéria sobre a CAMTRA e nossas ações artísticas junto às mulheres jovens como forma de enfrentamento a violência contra as mulheres. A matéria também conta com o relato de Sueny Nogueira, mulher negra e artista de circo de 25 anos que faz parte do Núcleo de Mulheres Jovens da CAMTRA.
O portal Sul 21 fez uma reportagem sobre a Virada feminista realizada no Dia de Luta pela Descriminalização do Aborto na América Latina e no Caribe da qual a CAMTRA participou.


O jornal britânico Telegraph fez uma reportagem sobre a luta das mulheres após um brutal caso de estupro coletivo no Rio de Janeiro. A reportagem contou com uma entrevista com Iara Amora, coordenadora de projetos da CAMTRA.


No vídeo para o canal Super Mulheres, Iara Amora, coordenadora do Núcleo de Mulheres da Casa da Mulher Trabalhadora, fala sobre maternidade e de como meninos e meninas ainda são criados de maneira distinta.


Call Us + 55 21 2544 0808
Help CAMTRA fight for women's rights.

Rua da Lapa, 180 /sala 806 - Centro - Cep. 20021-180
Rio de Janeiro - Brazil

Ajude a CAMTRA

A CAMTRA é uma instituição feminista feita por mulheres que dedicam suas vidas à luta pelos direitos das mulheres. Faça parte dessa história, colabore!

 

Doe agora

Quem somos

Fundada em 1997 a CAMTRA é uma organização feminista,sem fins lucrativos, que tem como missão ir ao encontro de outras mulheres com a perspectiva de colaborar para a promoção de seus direitos e para o fortalecimento de sua autonomia, tendo em vista a  construção de uma sociedade justa e igualitária.

Receba notícias

1463462281 Contact