camtra@camtra.org.br Tel: +55 21 2544 0808

"Todas as mulheres são trabalhadoras.
Em casa ou na rua"

Atividades da campanha Contra cultura do Estupro #meunãoimporta

Durante  o mês de Novembro marcado pela luta das mulheres no combate a violência, a CAMTRA e seu Núcleo de Mulheres Jovens lançou a Campanha “Contra cultura do Estupro #meunãoimporta”.

 

Conheça a campanha:
http://www.camtra.org.br/index.php/noticias/item/91-contra-cultura-do-estupro-meunaoimporta


Durante a semana do dia 25 de novembro, Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher, a CAMTRA participou de uma série de atividades realizando o lançamento da campanha Contra Cultura do Estupro #meunãoimporta que conta com o apoio esta campanha conta com o apoio da DKA– Áustria e Fundo Fiduciário das Nações Unidas pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres.

 

15219534_1800293203544116_974218032511066941_n.jpg


Na véspera do dia 25 realizamos a Barraca de Direitos da CAMTRA na SAARA que também foi em alusão à data de 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra. Durante essa atividade estivemos junto às mulheres trabalhadoras realizando aulas públicas, distribuindo materiais informativos sobre os direitos das mulheres, além de preservativos femininos e masculinos.


Veja as fotos da atividade:

https://www.facebook.com/pg/camtra.cmt/photos/?tab=album&album_id=1797738493799587


Nesse mesmo dia, Eleutéria Amora, coordenadora geral da CAMTRA participou da atividade Cine Pipoca debatendo o filme As Sufragistas na Centro de Referência de mulheres da Maré (CRM).


15193449_1797727100467393_9110351769553478582_n.jpg

Iniciamos as atividades do dia 25 de novembro na uma roda de conversa Discutir Gênero na Escola é Lutar Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres que aconteceu na ocupação do Colégio Pedro II - Unidade Centro. Foi uma atividade muito importante de troca e fortalecimento entre as participantes. A importância de um debate acerca das questões de gênero na educação esteve em destaque durante essa conversa, sendo um tema ressaltado principalmente entre as alunas e educadoras presentes. Nessa data de luta pelos direitos das mulheres, foi um consenso que a base para a eliminação da violência contra as mulheres está na construção de uma educação não sexista. A escola, portanto, é um ambiente de grande influência e importância que pode contribuir imensamente para a criação de uma sociedade na qual as mulheres são respeitadas e  podem viver sem temer por suas vidas.  


Diante do atual cenário político marcado por conservadorismos, fundamentalismos religiosos e pacotes de austeridade que colocam em risco nossos direitos sociais, as ocupações estudantis, como a do Colégio Pedro II, são um exemplo inspirador de resistência. A CAMTRA agradece a oportunidade de participar desse movimento político e damos todo o nosso apoio e solidariedade a luta estudantil!



Seguimos dessa conversa fortalecidas para o ato unificado do 25 de Novembro “Nenhuma a menos, nenhum direito a menos” no Largo da Carioca. Participamos do ato distribuindo materiais informativos de nossa campanha Contra Cultura do Estupro #meunãoimporta. Foi uma atividade importante de união entre as mulheres em luta!


Veja as fotos das atividades:

https://www.facebook.com/pg/camtra.cmt/photos/?tab=album&album_id=1800293046877465


No dia 26 de novembro, a CAMTRA em parceria com o Grupo Tia Angélica  realizou o lançamento da campanha Contra Cultura do Estupro #meunãoimporta no Parque Paulista na sede da Biblioteca Comunitária. Nessa atividade estivemos junto à 10 mulheres moradoras do Parque Paulista em uma conversa sobre nossos direitos e o enfrentamento à violência contra as mulheres. Além de exibirmos o documentário de nossa campanha e seus materiais informativos. Foi um dia muito agradável e importante para nos unir e revigorar!

15220198_1800304703542966_2559061192594589869_n.jpg


Veja as fotos das atividades:

https://www.facebook.com/pg/camtra.cmt/photos/?tab=album&album_id=1800303460209757

 

No sábado, dia 03 de dezembro, foi a vez de lançar nossa campanha na Praça do Relógio em Duque de Caxias. Durante este dia a equipe da CAMTRA e seu Núcleo de Mulheres Jovens ocuparam a praça com nossa Barraca de Direitos contra a cultura do estupro e pelo fim da violência contra as mulheres, distribuindo materiais informativos e realizando aula pública sobre os direitos das mulheres. Nesta atividade estiveram presentes a equipe da CAMTRA, colaboradoras e integrantes do Núcleo de Mulheres Jovens e contamos com a parceria  da Coordenadoria de Juventude de Duque de Caxias e do Cine Oeste que colaborou na exibição do nosso documentário.


Assista o documentário: https://www.youtube.com/watch?v=OqEbbSUHi9c

 


15284956_1803666513206785_1175284876576933845_n.jpg
Veja as fotos das atividades:

https://www.facebook.com/pg/camtra.cmt/photos/?tab=album&album_id=1803666389873464


A participação em atividades como essas são fundamentais para a CAMTRA. Acreditamos que cada um desses encontros permitiram novas trocas e articulações que fortalecem e ampliam nossa luta diária pelos direitos das mulheres.


Estamos à disposição para apresentar nossa campanha em escolas, universidades, coletivos e grupos comunitários e outros! Se você tiver interesse em receber os materiais da campanha ou marcar uma atividade em seu bairro, escolas, universidades, coletivos e grupos comunitários e outros. Entre em contato conosco através do telefone: (21) 2544 0808 ou correio eletrônico: camtra@camtra.org.br  



Call Us + 55 21 2544 0808
Help CAMTRA fight for women's rights.

Rua da Lapa, 180 /sala 806 - Centro - Cep. 20021-180
Rio de Janeiro - Brazil

Ajude a CAMTRA

A CAMTRA é uma instituição feminista feita por mulheres que dedicam suas vidas à luta pelos direitos das mulheres. Faça parte dessa história, colabore!

 

Doe agora

Quem somos

Fundada em 1997 a CAMTRA é uma organização feminista,sem fins lucrativos, que tem como missão ir ao encontro de outras mulheres com a perspectiva de colaborar para a promoção de seus direitos e para o fortalecimento de sua autonomia, tendo em vista a  construção de uma sociedade justa e igualitária.

Receba notícias

1463462281 Contact