25 de maio: Dia das Trabalhadoras Rurais

Compartilhe esta página:
Twitter
Visit Us
Follow Me

Margaridas, camponesas, sem terra, indígenas, quilombolas, ribeirinhas, das águas e da floresta semeiam, plantam, colhem garantem o seu sustento e de nossas famílias e de nossas sociedades.

Na CAMTRA “seguiremos marchando, até que todas sejamos livres” lado a lado com nossas companheiras, articulando a participação das rurais do RJ na Marcha das Margaridas em Brasília, como fazemos desde 2002; no enfrentamento a violência doméstica com o GT de Mulheres de Serramar em Casimiro de Abreu (RJ) integrantes da Associação Nacional de Agroecologia – ANA.

Apoiamos a luta pela Reforma Agrária e saudamos as trabalhadoras rurais Sem Terra, que em plena crise econômica causada pelo Covid-19 combatem a pandemia da fome distribuindo até a última semana mais 600 toneladas de alimentos.

Nesta data, nos somamos também as denúncias de falta de recursos e políticas públicas do enfrentamento a violência doméstica e contra as mulheres no campo, de diminuição de recursos voltadas para os programas de agricultura familiar e assistência às mulheres, os impactos da reforma da previdência para as mulheres e trabalhadoras/es do campo, a MP910 (“MP da Grilagem”) e os ataques contra assentamentos e lideranças rurais, quilombolas e indígenas.

A CAMTRA se soma e saúda a resistência diária dessas mulheres que trabalham de sol a sol.
“Mulheres são como as águas quando se juntam, elas crescem!”.

Frases Construções coletivas Marcha das Margaridas e Movimentos Feministas
Fonte: Brasil de Fato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ÚLTIMAS POSTAGENS

CATEGORIAS

Tags

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support