28 de maio –  Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna e Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher

Compartilhe esta página:
Twitter
Visit Us
Follow Me

Hoje, Dia 28 de maio é o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna e Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher

São consideradas mortes maternas todos os óbitos relacionados à gravidez ou ao parto ou ocorridos até 42 dias depois. O índice Brasileiro é 66,4  mortes maternas a cada 100 mil habitantes  mais que o dobro da meta da ONU. As mulheres negras somam mais da metade (62,8%) destas vítimas, o que demonstra como a problemática tem raízes profundas no racismo, no machismo e na desigualdade socioeconômica. O que mais choca  é saber que 92 % dessas mortes poderiam ser evitadas. Entre as principais causas estão a hipertensão, hemorragia e infecções. 

Em tempos de pandemia de Covid-19 a preocupação é a saúde e vida das gestantes, que fazem parte dos grupos de risco, é ainda maior.   No município do Rio de Janeiro 16 mortes já foram registradas de gestantes por COVID-19, mesmo tendo um hospital de referência para esse atendimento. Com ou sem pandemia, o enfrentamento à  mortalidade materna perpassa por assegurar os direitos sexuais e direitos reprodutivos das mulheres. 

Pela qualidade do  pré natal e assistência ao parto e pós parto, pela garantia do aborto legal e seguro. Pelo enfrentamento do racismo, da violência obstétrica e misoginia nos serviços de saúde!

 

Saiba mais:

https://bit.ly/2zH0gjf

https://bit.ly/3caE528

https://bit.ly/2X8xOQc

https://bit.ly/2M7vtyO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ÚLTIMAS POSTAGENS

CATEGORIAS

Tags

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support