Racismo

Mês de Luta das Trabalhadoras Domésticas

Relembramos hoje o caso da trabalhadora doméstica de 62 anos (cujo nome não será divulgado para sua proteção) viveu por mais de quatro décadas em condições de trabalho análogo a escravidão na casa de uma familia em Belém/PA.   No dia 2 de março foi proferida decisão divulgada pelo Ministério público determinando que ela deverá receber R$100 mil como indenização. A reparação é uma conquista, mas não paga e nem...

Mês de Luta das Trabalhadoras Domésticas

Relembramos hoje a denúncia do caso da trabalhadora, Raiane Ribeiro da Silva, de 25 anos, que foi brutalmente agredida por sua empregadora, de alto poder aquisitivo. A babá teve seu celular retido e foi impedida de sair da casa, para que não denunciasse a sua grave agressão.   ⚠️ O ocorrido traz à tona o racismo e a violência tratada com as trabalhadoras domésticas no Brasil. A história de Raiane...

21 de março – Dia Internacional Pela Eliminação da Discriminação Racial

21 de março – Dia Internacional Pela Eliminação da Discriminação Racial   Hoje 21 de março, Dia Internacional Pela Eliminação da Discrimanção Racial, fechamos a série Vidas Negras Importam exigindo justiça para Emily Victoria, 4 anos, e Rebecca Beatriz, 7 anos. As duas primas foram assassinadas na porta de casa na favela do Sapinho em Duque de Caxias, no dia 04 de dezembro de 2020.

Série 21 dias de Ativismo contra o racismo – Hiago dos Santos e Moise Kabagambe

Série 21 dias de Ativismo contra o racismo – Hiago dos Santos e Moise Kabagambe   Hiago dos Santos (1991 – 14/02/2022) Hiago era vendedor ambulante, 21 anos, pai de 1 filha, morador do Morro do Boa Vista em Niterói, foi covardemente assassinado por um policial à paisana, fora de serviço, enquanto vendia balas.   Estava desempregado e segundo sua esposa, Thaís, saía todos os dias às 5h da manhã...

21 Dias de Ativismo Contra o Racismo – Marisa Nóbrega

21 Dias de Ativismo Contra o Racismo – Marisa Nóbrega   Marisa Nóbrega era diarista, vendedora, mãe de 5 filhas(os), moradora da Cidade de Deus, favela da Zona Oeste do Rio de Janeiro e tinha apenas 48 anos quando foi assassinada pela Polícia com uma coronhada por defender seu filho, foi mais uma mulher negra periférica vítima da violência do Estado.

Crimes do Patriarcado – 1 a 15 de março/22

Crimes do Patriarcado – 1 a 15 de março/22 Pelo menos, 27 mulheres foram vítimas de feminicídio, no Brasil, entre 1 a 14 de março de 2022. No levantamento realizado pela Camtra através da internet, em mídias locais. O número que já é alto, pode vir a ser ainda maior, devido a subnotificação e porque muitos feminicídios não são divulgados na imprensa durante o período houveram várias tentativas de feminicídios.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support