#JulhodasPretas: Antonieta de Barros

Compartilhe esta página:
Twitter
Visit Us
Follow Me
#JULHODASPRETAS  No mês da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, a Camtra homenageia  as heroínas  e mulheres de luta negras brasileiras.
Jornalista, professora e a primeira deputada negra eleita no país, Antonieta de Barros nasceu em Florianópolis, em 11 de julho de 1901. Incentivada pela mãe, que trabalhava na casa de um importante político/intelectual da região e também alugava quartos para estudantes, Antonieta alfabetizou-se ainda criança, tornando-se exímia leitora e escritora.
Aos 18 anos, formou-se professora e ao longo da vida, atuou também como jornalista e escritora, destacando-se pela coragem de expressar suas ideias, quando isso ainda não permitido às mulheres. Em seus escritos, era uma defensora ferrenha da emancipação feminina, da educação e do reconhecimento da cultura negra. Criou, em sua própria casa, o Curso Particular Antonieta de Barros, voltado para alfabetização da população carente, que foi conduzido por ela durante toda a sua vida. Em 1934, torna-se a primeira mulher negra deputada estadual do país, pioneira no combate à discriminação de negras/os e das mulheres.
Antonieta faleceu em 28 de março de 1952, aos 50 anos de idade, devido a complicações diabéticas. Sua memória, infelizmente sofreu uma grande tentativa de apagamento, mas sobreviveu e vem sendo retomada e seu nome ecoado por todo o país!
Fonte: Wikipédia / Geledes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ÚLTIMAS POSTAGENS

CATEGORIAS

Tags

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support