#PelaVidadeTodas

Compartilhe esta página:
Twitter
Visit Us
Follow Me

Lorena Muniz, uma mulher trans de 25 anos, teve morte cerebral, no último domingo, após ter sido abandonada sedada em uma sala de cirurgia durante um princípio de incêndio, na clínica onde colocaria próteses mamárias. A jovem inalou fumaça e ficou inconsciente, por sete minutos, até ser retirada do local.

A morte de Lorena representa a forma como os corpos trans são tratados no Brasil, o país que ocupa o primeiro lugar no ranking de assassinatos de pessoas trans no mundo.

Não nos calaremos diante da injustiça e descaso! A humanidade, história e memória de Lorena não serão apenas estatísticas. Nossa solidariedade à família e às amigas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ÚLTIMAS POSTAGENS

CATEGORIAS

Tags

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support