Violência contra as mulheres na Pandemia

Compartilhe esta página:
Twitter
Visit Us
Follow Me

Hoje, em 2021, estamos de luto pela morte de Kathlen Romeu, Ana Caroline Felício, Vitórya Melissa Mota e tantas outras.

A violência policial atinge as mulheres negras, assim como a violência doméstica, em maior proporção, porque essas são as mulheres que enfrentam as piores situações de opressão conectadas entre machismo, racismo e pobreza.

Geralmente, é quando estamos mais fragilizadas e dependentes dos homens que sofremos as piores violências.

Já são mais de 3.5 milhões de mortes por Covid-19 no mundo, a crise econômica, política e sanitária está destruindo esperanças e oportunidades. A violência contra as mulheres é a primeira a aumentar em contextos de perda de direitos, miséria e repressão.

Precisamos impedir que as mulheres continuem pagando pelas crises!

Exigimos justiça por nossos corpos, nossas vidas!

Violência contra as mulheres na Pandemia

Segundo notas técnicas do Banco Mundial e do Anuário Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), o número de registros de lesão corporal dolosa, ameaça, estupro de mulheres adultas e estupro de vulnerável diminuíram durante a pandemia, mas o feminicídio (assassinato de mulheres) aumentou.

Esse dado confirma que a pandemia, além de aumentar a violência contra mulheres e meninas, também dificulta a denuncia e nos coloca em maior vulnerabilidade.

Por isso, pela vida das mulheres, exigimos vacina já, auxílio emergencial de R$ 600,00 e a valorização do SUS. É pela vida das mulheres!

Leia mais: O Machismo Mata Todo Dia. Feminismo Sem Trégua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ÚLTIMAS POSTAGENS

CATEGORIAS

Tags

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support