Visibilidade Lésbica: Safo de Lesbos (630 a.C – 570 a.C)

Compartilhe esta página:
Twitter
Visit Us
Follow Me

Nascida entre 630 e 612 antes de Cristo, na ilha de Lesbos, atual Grécia, Safo foi uma poetisa Lésbica que o patriarcado tentou apagar.

É uma das poucas vozes femininas, cujo trabalho sobreviveu desde a Antiguidade. Compunha seus versos celebrando o amor lésbico entre mulheres.

Por sua posição social e política, Safo e sua família foram deportados para a Sicília e teve seus poemas queimados quando ela ainda era jovem. Após alguns anos de exílio, ela retornou à ilha de Lesbos e em Mitilene inaugurou uma escola para as mulheres. Seu nome e reputação deram origem aos termos Safismo e Lesbianismo – ambos usados para denominar a homossexualidade feminina.

No mês da visibilidade Lésbica a Camtra inicia esta série homenageando a mulheres lésbicas importantes para para o movimento de lésbicas. Em uma sociedade lesbofóbica, machista e patriarcal, a importância de cada uma delas é indiscutível.

Embora sejam comuns as tentativas de apagar a sua sexualidade é impossível i9gnorar que o amor de Safo pelas mulheres foi sáfico.

Fonte:http://obviousmag.org/entre_o_mar_e_as_terras_do_meio/2016/safo-e-as-lesbicas-da-ilha-de-lesbos.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ÚLTIMAS POSTAGENS

CATEGORIAS

Tags

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support