Notícias

#SorteioVestidoDeNoiva! 👰Vamos doar um vestido de noiva Manequim 38/40 para a noiva que está com data marcada, mas sem dinheiro para comprar o vestido.Inscrições até 15/11/22!💐 Acesse o formulário abaixo e inscreva-se! https://forms.gle/ZFF7gcY2WuCdm49c7

Trabalhadora doméstica de 54 anos, que não teve a identidade revelada para sua preservação, foi resgatada após 43 anos de condições de …

"Nada que eu aceite sobre mim pode ser usado contra mim para me diminuir." Audre Lorde 1934-1992. As mulheres lésbicas lutam por visibilidade, pela participação social e política, contra a imposição da heterossexualidade aos corpos femininos mesmo antes da rebelião de Stonewall. Mesmo a revolta sendo um marco, foi na própria luta LGBT+ e também feminista que as lésbicas decidiram também pela auto-organização.

Rosa para meninas, Azul para meninos? Cuidar da casa e das crianças é somente coisa de mulher? Homens não choram? Sexualidade não …

15 de Junho Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Mulher Idosa(Pessoa Idosa)  Mulheres Idosas, mulheres negras e periféricas: resistência e sabedoria Violência contra as mulheres idosas, denuncie, não se cale!

Hoje indicamos duas obras muito importantes que tratam sobre o impacto da fome na vida das mulheres brasileiras, confira!

Fala, Trabalhadora! Você já tomou a sua dose de reforço? Fique atenta as orientações sobre a dose de reforço no município do …

4 de Junho Dia Internacional das Crianças Vítimas de Violência   ✊🏿 Por uma Educação Sexual nas Escolas e por Políticas Públicas …

Dia Internacional das Crianças Vítimas de Violência – Falta 1 dia No #CAMTRAINDICA de hoje, seguimos reforçando a luta contra o abuso …

Crimes do Patriarcados: Memória, Luta e Resistência. Mulheres Presentes! As violências contra as mulheres nos matam. ✊🏾 A CAMTRA realizou um levantamento …

Dia 28 de maio é o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna e Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher, …

📢 Faltam dois dias para o 28 de maio Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher/ Dia Nacional de Redução da …

Nossa Solidariedade a Maria Fabiana e a toda a família de Genivaldo. “Nunca teve problema, tinha uma vida normal. Era uma boa …

📢Nesta Sexta-Feira, dia 27 de Abril às 16h, teremos a nossa Roda de Conversa alusiva ao Alusiva ao 28 de maio – …

Vidas Negras Importam 25 mortes não é operação!   Nossa solidariedade à família de Gabrielle Ferreira e demais pessoas, 24 corpos negros …

Nesta Sexta-Feira, dia 27 de Maio às 16h, teremos a nossa Roda de Conversa alusiva ao 28 de maio – Dia Internacional …

Participe da Campanha: Nise da Silveira, nossa heroína!   Ontem, 25 de maio de 2022, o atual presidente da República vetou o …

Exigimos Justiça por Tayane! “Quando eu olhei, não era mais eu, não sou eu com isso aqui. Para mim, ele me matou …

10 alunas(os) denunciaram Abuso Sexual em âmbito familiar após palestras.   Após assistirem a palestras sobre Conscientização contra o Abuso e a …

18 de maio Dia Nacional da Luta Antimanicomial. “O que melhora o atendimento é o contato afetivo de uma pessoa com a …

18 de maio Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes   A data foi escolhida …

17 de maio Dia Internacional de Luta contra a LGBTfobia Dia 17 de maio é o Dia Internacional de Luta contra a …

Violação do Direitos: Trabalhadora Doméstica 84 anos resgatada trabalho análogo à escravidão.   Trabalhadora Doméstica negra de 84 anos foi resgatada pela …

 Crimes do Patriarcado Memória, Luta e Resistência: Mulheres Presente! De 01 a 15 de maio de 2022, 26 mulheres foram vítimas de …

A Casa da Mulher Trabalhadora tem o prazer de convidar a todas para participar da comemoração do aniversário de 25 anos, com …

#SOLIDARIEDADEFEMINISTA   “CO-ASSINE A NOTA CONJUNTA ABGLT, ABONG E ANTRA SOBRE TRANSFOBIA SOFRIDA PELA ATIVISTA KEILA SIMPSON   – Link para assinatura …

CAMTRAPARTICIPA   Hoje, 28 de Abril às 14h, a Coordenadora Geral da CAMTRA, Eleuteria Amora, estará presente no Cine Debate Organizado pelo …

Amanhã, no dia 19 de abril, a partir das 11 horas, a Barraca de Direitos da Camtra estará no Centro Comercial da …

Violação dos Direitos das Mulheres Trabalhadoras   Relembramos o caso da trabalhadora doméstica com deficiência intelectual, de 55 anos, foi resgatada no …

Violação dos Direitos das Mulheres Trabalhadoras   Relembramos o caso da trabalhadora doméstica que foi resgatada, dia 02/02/22, aos 57 anos, após …

Conquista histórica! ✊Mulheres trans passam a ser amparadas pela Lei Maria da Penha (11.340/2006) para casos em que forem vítimas de #violênciadoméstica …

Abril Mês de Luta das Domésticas – No dia 27 de abril é rememorado o Dia Nacional das Trabalhadoras Domésticas. Por esta …

Crimes do Patriarcado – Feminicídios de 16 a 31 de março/22   A CAMTRA realizou um levantamento através da internet, jornais locais …

Hoje, dia 31 de março , é o Dia Internacional da Visibilidade Trans, uma data de luta muito importante para visibilizar as …

 Live alusiva ao 8 de Março – Dia Internacional das Mulheres – Feminismo Popular em Ação.   A live será transmitida pela …

Crimes do Patriarcado – Feminicídios 24 a 29 de março/22 Denunciamos mais 9 casos de feminicídio nesta semana. A cada mulher assassinada, …

Crimes do Patriarcado – Feminicídios 23 e 24 de março/22 Na grande maioria dos casos de feminicídio as vítimas conheciam o agressor, …

Hoje, dia 25 de março é o Dia Municipal de Luta Pelo Fim do Feminicídio, essa data entrou no calendário do Rio …

Roda de Conversa sobre a violência contra as mulheres Hoje no Dia Municipal de Combate ao Feminicídio no Rio de Janeiro, a …

Crimes do Patriarcado – Feminicídios de 20 a 23 de março/22 Quatro mulheres, quatro vidas que o patriarcado mata, aonde a principal …

Crimes do Patriarcado Feminicídios 15 a 20 de março/22   Mais 7 mulheres vítimas de feminicídios. O machismo mata todos os dias! …

“A pesquisa “Violência contra mulheres e letalidade feminina no Rio de Janeiro” tem como objetivo compreender as dinâmicas de violência contra mulheres …

Queremos agradecer a todas as companheiras que se inscreveram no Curso Expresso de Mídias Sociais da CAMTRA: Mulheres Rompendo Barreiras Digitais. Temos …

Atenção! Demorou mais chegou a décima edição do “Curso de Mulheres Jovens na Defesa dos Seus Direitos”. Você vai ficar fora desta …

Crimes do Patriarcado – Feminicídios fe 17 a 20 de março/22   Mais três foram vítimas de feminicídios, assassinadas por darem fim …

21 de março – Dia Internacional Pela Eliminação da Discriminação Racial   Hoje 21 de março, Dia Internacional Pela Eliminação da Discrimanção …

Série 21 dias de Ativismo contra o racismo – Hiago dos Santos e Moise Kabagambe   Hiago dos Santos (1991 – 14/02/2022) …

21 Dias de Ativismo Contra o Racismo – Marisa Nóbrega   Marisa Nóbrega era diarista, vendedora, mãe de 5 filhas(os), moradora da …

Crimes do Patriarcado – Feminicídios 12 a 16 de março/22   Mais 4 mulheres vítimas de feminicídios. Não há um dia sequer …

Crimes do Patriarcado – 1 a 15 de março/22 Pelo menos, 27 mulheres foram vítimas de feminicídio, no Brasil, entre 1 a …

Campanha 21 Dias de Ativismo Contra o Racismo – Cláudia Ferreira   Cláudia Silva Ferreira, mulher negra, moradora do Morro da Congonha, …

Vidas Negras Importam – 21 Dias de Ativismo Contra o Racismo – Kathlen Romeu   Kathlen Romeu, 24 anos, mulher negra jovem, …

Crimes do Patriarcado Crimes do Patriarcado Feminicídios 11 e 12 de março/22 Denunciamos mais 2 mulheres vítimas do ódio dos homens contra as …

Carolina, Presente! No dia 14 de celebramos a data de nascimento de Carolina de Jesus que, se estivesse viva, ontem, completaria 108 …

Girassóis para Marielle!     Hoje 14/03 completam 4 anos do assassinato da Vereadora Marielle Franco.

Justiça para Marielle e Anderson! Quem mandou matar Marielle? E por quê?   Hoje completam 4 anos, são 1461 dias que a …

Série Mulheres que Nos Inspiram – Marielle Franco   “As rosas da resistência nascem no asfalto. A gente recebe rosas, mas vamos …

Série Mulheres que Nos Inspiram – Carolina Maria de Jesus   “O Brasil precisa ser dirigido por uma pessoa que já passou …

🙋🏾‍♀️Confira o 08 de Março – Dia Internacional das Mulheres da Rede de Mulheres Entrelaçadas está repleto de atividades.   Mulheres lideranças …

Crimes do Patriarcado – Feminicídios de 06 a 09 de março de 2022 Mais 7 Mulheres vítimas de feminicídio, no levantamento realizado …

Crimes do Patriarcado Feminicídios 02 a 07 de março de 2022 O mês de março, mês de luta das mulheres, utilizamos a …

Série Mulheres que Nos Inspiram – Nise da Silveira   “Há no meu temperamento essa fúria. Quando eu quero uma coisa, eu …

Série Mulheres que Inspiram Antonieta de Barros – 1901-1952 “Que seremos nós, as mulheres? Irracionais ou domesticadas? Porque esta questão de inteligência …

  “Eu demorei muito para perceber que passava por várias situações na vida que vinham somente da minha condição de ser mulher”, …

08 de março Dia Internacional das Mulheres #PELAVIDADASMULHERES Comida no Prato! Fora o Patriarcado, o Racismo e a Lesbofobia! Pela Vida das …

Agenda da Camtra 08 de Março – Dia Internacional das Mulheres! Nós da Camtra estaremos de volta às ruas. São 25 anos …

É Amanha! 08 de Março – Dia Internacional das Mulheres   O Dia Internacional das Mulheres com a Camtra inicia com a …

Vem aí o 08 de março – Dia Internacional das Mulheres!   Este ano estaremos nas ruas saudando as mulheres e lutando …

♀ Nós sabemos que é durante os finais de semana que mais mulheres sofrem #violênciadoméstica e mais de nós somos vítimas de …

Crimes do Patriarcado Feminicídios 16 a 28 de Fevereiro/22 Na série Crimes do Patriarcado levantamos através da internet, durante a segunda quinzena …

Vereadora Marielle Franco (2016) Eleita Vereadora no Rio de Janeiro com a quinta maior votação em 2016, Marielle Franco legislou a favor …

Presidenta Dilma Rousseff Economista, Secretária de Finanças de Porto Alegre (1986), Ministra de Minas e Energia do Brasil (2003), Ministra da Casa …

24 de Fevereiro - Conquista do Voto Feminino no Brasil - 90 anos de Luta no BrasilO dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira, nesta data, nós, mulheres, fomos reconhecidas pela primeira vez na história do Brasil como cidadãs com o direito de votar e ser votada. A garantia de nossos direitos políticos foi conquistada através de anos de lutas e movimentos construídos por mulheres que desafiaram a sociedade machista e a invisibilidade dentro de seu tempo.

As mulheres conquistaram o direito político de votar e serem votadas em 24 de fevereiro de 1932. O movimento feminista iniciou a luta para a eleição de mulheres.Em 1934, houve eleições para as Assembleias Constituintes Estaduais, na qual 9 mulheres foram eleitas.Conheça a história de Antonieta de Barros (1901-1952)  – Professora, Jornalista, Primeira Deputada Estadual Negra eleita no Brasil e Maria do Céu Fernandes Pereira -(1910 - 2001) Professora, Jornalista, Primeira Deputada Estadual eleita no Rio Grande do Norte.

Celina Guimarães – Professora, Primeira Eleitora do Brasil (1890 – 1972). A professora Celina Guimarães Vianna: Foi a primeira eleitora do Brasil. …

Sufrágio Feminino e Universal: a Luta do Movimento Feminista pelo Voto   Na data de 24 de fevereiro de 1932, nós mulheres …

O Calendário 2022 da Casa da Mulher Trabalhadora homenageia a Nise da Silveira. Psiquiatra brasileira, nascida em Alagoas, em 13 de fevereiro …

Olá companheiras. Segue o nosso último boletim do ano de 2021. Apoie a causa feminista, doe agora para a Camtra. pix: CNPJ:01.773.051/0001-19. …

Companheiras!A equipe Camtra estará de férias coletivas de 18/12/2021 a 18/01/2022.Desejamos a todas um feliz 2022 e boas festas!

‏Crimes do Patriarcado: as violências contra as mulheres nos matam. ‏ Diariamente quatro mulheres morrem no Brasil. Sabemos através dos jornais, da …

Fala, Trabalhadora! 👩🏾‍💻 A Camtra está com oportunidade de vaga aberta para assessora de comunicação! https://forms.gle/DdGm6q3hV4geyLur7

🚺Atenção, mulheres: quando foi a última vez que você fez o teste de HIV/AIDS?   ⚠️A AIDS ainda é a principal causa …

A Violência Contra a Mulher, Não é o Mundo que a Gente Quer! É esta a palavra de ordem deste dia de …

O reconhecimento da creche como um direito das crianças é fruto das lutas das mulheres por condições de entrada e permanência no mercado de trabalho, ao questionamento da divisão sexual do trabalho e da reivindicação pela co-responsabilização social do Estado pela educação das crianças. Este movimento foi realizado pelos movimentos feministas e de mulheres de bairros e periferias, no contexto de redemocratização do país, a partir da década de 70. Contando também com a importante atuação do Conselho Nacional dos Direitos das Mulheres durante a Constituinte, o que culminou na inserção da creche pelos direitos das crianças na Constituição Federal de 1988.

O reconhecimento da creche como um direito das crianças é fruto das lutas das mulheres por condições de entrada e permanência no mercado de trabalho, ao questionamento da divisão sexual do trabalho e da reivindicação pela co-responsabilização social do Estado pela educação das crianças. Este movimento foi realizado pelos movimentos feministas e de mulheres de bairros e periferias, no contexto de redemocratização do país, a partir da década de 70. Contando também com a importante atuação do Conselho Nacional dos Direitos das Mulheres durante a Constituinte, o que culminou na inserção da creche pelos direitos das crianças na Constituição Federal de 1988.

01 de Outubro Dia Internacional da Mulher Idosa Dia Internacional da Pessoa Idosa   Nada a perder, tudo a viver, mulheres idosas …

Nascida entre 630 e 612 antes de Cristo, na ilha de Lesbos, atual Grécia, Safo foi uma poetisa Lésbica que o patriarcado …

Em 2021 comemora-se 25 anos do Dia da Visibilidade Lésbica (29/08) 🐸 Hoje, Dia 19 de Agosto, comemoramos também o Dia do …

Você tem acesso à camisinha feminina? 🦠 É o método contraceptivo mais completo para nós mulheres: impede infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) e …

12 de agosto é Dia de Luta Contra a Violência no Campo! As mulheres do campo continuam em luta pelo o enfrentamento …

“Eu sou preta, a fome é amarela” Carolina Maria de Jesus fez da escrita o seu lugar de resistência. Soube traduzir a …

No Brasil, 65 meninas de até 13 anos são estupradas por dia, sendo 85% por algum homem conhecido. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública (FBSP)

Carolina de Jesus: Vivências e Resistência em Quarto de Despejo   Continuando a homenagem da semana, no #JulhoDasPretas, vamos lembrar de Carolina …

"Eu aprendi que opressão e intolerância da diferença vem em todas formas e tamanhos e cores e sexualidades(...)" - Audre Lorde, ativista, feminista.

Carolina vive! Carolina Maria de Jesus, rompendo a invisibilidade, torna-se uma das primeiras escritoras negras no Brasil. 👩🏿‍🦱 Este ano, a escritora, …

"Eu aprendi que opressão e intolerância da diferença vem em todas formas e tamanhos e cores e sexualidades(...)" - Audre Lorde, ativista, feminista.

“[…] paremos de trapacear; o sentido de nossa vida está em questão no futuro que nos espera; não sabemos quem somos, se …

“[…] dejemos de hacer trampas; el sentido de nuestra vida está en juego en el futuro que nos espera; no sabemos quiénes …

Já são mais de 3.5 milhões de mortes por Covid-19 no mundo, a crise econômica, política e sanitária está destruindo esperanças e oportunidades. A violência contra as mulheres é a primeira a aumentar em contextos de perda de direitos, miséria e repressão. Precisamos impedir que as mulheres continuem pagando pelas crises!

No Brasil, as meninas são as maiores vítimas de violência infantil, sendo a Violência Sexual a mais praticada pelos agressores. Enganadas nas promessas de traficantes de pessoas ou abusadas por pessoas de seu convívio e confiança, crianças e meninas sofrem os efeitos de um patriarcado que domina, violenta e mata.

⚠️ Crianças e meninas negras são maioria das vítimas de Violência Sexual no Brasil

A cada 15 minutos, uma criança ou menina é vítima de violência sexual no Brasil.

Meninas e mulheres representam 71% das pessoas traficadas no mundo. Segundo a Unicef, 30% das vítimas são crianças.

Uma realidade que atinge com mais força às mulheres gestantes negras, que têm suas vidas negligenciadas pelo racismo enraizado no Estado. Elas são as que mais morrem (62%) e as que menos recebem atenção durante a gestação. Apenas 55% das mulheres negras fizeram sete consultas de pré-natal em 2012 e estão abaixo da média nacional que é de 62.4%. A data de hoje é de Luta e Resistência. Pela garantia de ter um pré-natal, parto e pós-parto humanizados. Pelo direito de decidir por nossas vidas e nossos corpos! ✊ Pelo direito de VIVER!

⚠️ Dois Feminicídios em 1 dia. Justiça para Rosane Guimarães e Ana Carolina Sá!

O movimento foi fundado por mães moradoras de Manguinhos que tiveram seus filhos assassinados pela polícia da UPP, que gerou vítimas desde sua chegada.

⚠️A violência do Estado mata e fere de diversas formas. A morte de jovens também causa ferimentos profundos nas mães. Mas essas …

Ninguém solta a mão de ninguém! O silêncio em relação a violações como exploração e abuso sexual de meninas chega a ser …

As mulheres são múltiplas, dentro dessa multiplicidade, são cercadas de opressão e preconceito, como acontece com lésbicas, bissexuais, transsexuais e interssexuais. Além …

A Vivian precisa de nossa ajuda!

Ontem, 13 de maio de 2021, a Camtra participou do Ato na Candelária, no Centro do Rio de Janeiro, contra as chacinas, …

A data vem para contrapor a assinatura da Lei Áurea que foi feita nesse mesmo dia. Para negras e negros, o fim da escravidão no papel não acabou com o racismo e exclusão das negras e negros na nossa sociedade.

12 de maio – Uma homenagem da Camtra a Dona Ivone Lara, sambista e enfermeira, pelo Dia Mundial da Enfermeira

A PEC das Domésticas (PEC 66/2012) e a Lei Complementar 150/2015, têm o intuito de colocar em pé de igualdade com outras …

Um grupo de 50 mulheres, protestando em Paraty, foram reprimidas por policial civil armado, ontem (10).

Para colocar as trabalhadoras domésticas em pé de igualdade com outras profissões, foram aprovadas a PEC das Domésticas (PEC 66/2012) e a Lei Complementar nº 150/2015. A carteira de trabalho é um direito assegurado pela PEC das domésticas, assim como regras bem estabelecidas acerca das formas de contratação e questões relativas à demissão.

A luta da categoria por direitos, respeito e reconhecimento continua incessante, até que todas os tenham assegurados. Segundo dados do IBGE de 2019, apenas 28,4% das trabalhadoras e trabalhadores domésticas(os) possuem carteira de trabalho assinada.A carteira de trabalho passou a ser um direito assegurado pela PEC das domésticas, assim como regras bem estabelecidas acerca das férias, descanso e licença-maternidade.

Neste dia, 25 mães da Favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, não receberam os abraços, beijos e afagos dos seus 25 filhos jovens periféricos, são corpos negros. Quem tem mais força para lutar por justiça do que uma mãe ferida ou em desespero? Então, neste dia das mães, terá choro, luta e resistência.Feliz dia das mães que lutam.

A PEC das Domésticas (PEC 66/2012) e a Lei Complementar 150/2015, têm o intuito de colocar em pé de igualdade com outras …

No fim da tarde de hoje (7), organizações sociais e de luta pela garantia dos direitos humanos se encontrarão para exigir JUSTIÇA e gritar, mais uma vez, que VIDAS PRETAS E FAVELADAS IMPORTAM!

Qual a excepcionalidade para o Estado ao entrar em uma favela?Mulheres trabalhadoras que são, em sua maioria, chefas de família, sobrevivem dia após dia na incerteza de dias melhores. Afinal, são desrespeitadas em sua própria casa, afastadas de seus direitos básicos e jogadas à própria sorte.

São as mulheres negras as que mais estão expostas aos riscos na utilização do transporte público. Riscos que passam pela exposição direta a Covid-19, assédio, violências físicas, morais e também a violência que atinge o bolso, com os aumentos constantes no valor da passagem.

Nossa solidariedade e apoio à companheira Sonia Guajajara e a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), após terem sido intimados pela …

Esse é o segundo 1º de maio - Dia Internacional das Trabalhadoras - em meio a pandemia.Muitas mulheres estão realizando suas atividades profissionais em casa. Aquelas que ainda estão no trabalho presencial nas ruas precisaram se reinventar para conciliar o trabalho doméstico com seus novos desafios e suas profissões.

Entre 1º de janeiro e 10 de abril de 2021, 362 mulheres gestantes e puérperas morreram vítimas da Covid-19. Os dados, retirados …

Há 4 meses, as mães, familiares e organizações de luta e sociedade civil fazem essa pergunta. Fernando Henrique (11), Alexandre da Silva …

As mulheres trabalhadoras estão desempregadas, sem renda e poucas estão tendo acesso ao atual auxílio emergencial. É um projeto político de morte …

Ontem (26) em meio a Live de comemoração do aniversário de 24 anos da CAMTRA, Eleutéria Amora, Coordenadora Geral da instituição, recebeu …

Com muita garra e mobilização, nós mulheres trabalhadoras, estamos resistindo e criando em meio à crise política, sanitária e econômica, que destrói …

É com muito pesar que informamos que, na madrugada de ontem, dia 21, perdemos a jovem, da etnia Kaingang, Suzana Mariano e …

Um levantamento feito pela Rede SARAH de Hospitais de Reabilitação, aponta que 19,5% do total de internações são realizadas devido a agressões por arma de fogo. Nem todas as mulheres possuem acesso a tratamentos e reabilitações, e vivem, trazendo em seus corpos, as marcas irreversíveis dessa violência.

Mulheres, aquelas que já tomaram a primeira dose da vacina contra o coronavírus, não deixem de tomar a segunda dose!

Mais de 70% dos assassinatos no Brasil são cometidos por armas de fogo. Em 2018, segundo o Atlas da Violência, as mulheres jovens entre 15 e 29 anos foram 41,9% das mortes por homicídio.

Em 2018 mais de 4 mil mulheres foram assassinadas no Brasil, dessas, 51,6% foram mortas por armas de fogo. Com a pandemia, os impactos da violência são ainda mais profundos. Apesar de todos os dados apontarem para o agravamento da vulnerabilidade das mulheres, as políticas públicas seguem na contramão do cuidado com a parcela da população mais vulnerável.

Já está sendo pago o Auxílio Emergencial Carioca no valor de R$500 para as trabalhadoras ambulantes. O benefício é voltado para ambulantes cadastradas/os na Secretaria de Ordem Pública, com prova de vida atualizada e a Taxa de uso de área pública (Tuaps) paga até 2019. Mas, aquilo que deveria ser uma boa notícia para todas, virou um auxílio só para algumas.

Em abril de 1964, era instaurada, no Brasil, a Ditadura Militar que violentou fisicamente, psicologicamente e sexualmente os corpos muitas mulheres. Hoje, …

O estudo "Um vírus e duas guerras", realizado pelo portal AzMina e mais seis mídias independentes, mostra que o sucateamento das políticas públicas da rede de proteção às mulheres, é um dos principais fatores na dificuldade do rompimento das situações de violência e vulnerabilidade.

Catarinas não será silenciada! Desde o último fim de semana de março, o site do Portal Catarinas está sofrendo ataques de pessoas …

Nossa luta pela permanência de um Estado democrático é frequente. Não nos esqueçamos de todas as mulheres que foram torturadas, perseguidas e mortas pelos algozes da Ditadura Militar. Não nos esqueçamos pelo que elas morreram lutando! Ditadura Nunca Mais!

Por quantas violências uma mulher pode ser acorrentada? A violência doméstica, o desespero da fome e a insuficiência da pobreza acorrentaram uma …

Hoje (25) os conflitos provocados pelo garimpo no sudoeste do Pará ganharam um novo episódio: a sede da Associação das Mulheres Munduruku Wakoborũn, situada na cidade de Jacareacanga, foi vandalizada a mando de garimpeiros criminosos que atuam na região.

Edital 02/2021 – Casa da Mulher Trabalhadora – Camtra Companheiras trabalhadoras, tudo bem? Temos uma oportunidade para estagiárias de comunicação da Camtra, …

“Corre que eles vão matar a Luana!”, foi assim que em 8 de abril de 2016, familiares descobriram de onde vinham os …

Assassinada pela Polícia Militar e com seu corpo arrastado pela rua ao longo de 350 metros, preso ao porta-malas da viatura de …

Quem mandou matar Marielle? Hoje, 14 de março, completam 03 anos sem respostas desde que a vereadora Marielle Franco(PSOL/RJ), eleita em 2016, …

Eleutéria Amora, Coordenadora Geral da Camtra, foi entrevistada em uma matéria da TV Brasil sobre a dificuldade das mulheres em conseguirem trabalho. …

Ao longo da semana, mostramos que, mesmo estando em diferentes espaços, Todas as Mulheres são Trabalhadoras, Em Casa ou na Rua. Hoje, …

As mulheres trabalhadoras vivem na correria, para dar conta da árdua rotina. Trabalham em casa e na rua, mais de 10 horas …

Companheiras! A pandemia afeta, em sua maioria, mulheres trabalhadoras negras e indígenas. O descaso, que já era grande, aumentou durante esse um …

Pare e pense: quem são e como são mortas as vítimas de feminicídios? Essas mulheres são negras (71%), com idades entre 21 …

Companheiras, Nós, mulheres trabalhadoras, na maioria dos casos, as que sustentam os lares e chefiam as famílias, somos as mais afetadas pela …

Vamos refletir: Por que mais armas significam mais mortes de mulheres? As trabalhadoras ambulantes, mais conhecidas como camelôs, enfrentam sol, chuva, covid-19, …

Empregada doméstica, que trabalhava desde os 13 anos de idade, a companheira Cleonice Gonçalves foi a primeira vítima do coronavírus no Estado …

  “Este é um momento muito difícil, e eu venho através das redes sociais pedir ao Brasil que o olhe para o …

Lorena Muniz, uma mulher trans de 25 anos, teve morte cerebral, no último domingo, após ter sido abandonada sedada em uma sala …

Companheiras trabalhadoras, vocês sabiam que o aumento de compra de armas de fogo afeta diretamente as nossas vidas? No Brasil, a cada …

É pela Vida das Mulheres Trabalhadoras! Estão acontecendo, por todo o país, desde às 9h as atividades do Ato Nacional Vacina Para …

Com muita satisfação, divulgamos abaixo o resultado da seleção da vaga para assessoria de comunicação. Desde já, pedimos desculpas pelo atraso na …

A Camtra reforça o #FiqueEmCasa neste Carnaval. Hoje é segunda de Carnaval, mas, em tempos de COVID-19, não estamos na folia das …

″Eu não quero voltar sozinha, sem o corpo do meu filho! Se eu voltar sozinha, eu vou sofrer muito na minha comunidade. …

Fala, Trabalhadora! De acordo com os dados do Painel Unificador COVID-19 nas Favelas do Rio de Janeiro, dos casos autodeclarados de pessoas …

Nossa última postagem da nossa série sobre o Dossiê “Assassinatos e Violência Contra Travestis e Transexuais” organizado pela ANTRA (Associação Nacional de …

Continuamos com a nossa série sobre o Dossiê Assassinatos e Violência Contra Travestis e Transexuais organizado pela ANTRA (Associação Nacional de Travestis …

Ana Clara Machado, que tinha apenas 5 anos de idade, estava brincando na porta de casa quando foi atingida por uma bala …

O Brasil permanece no topo do ranking dos países que mais matam pessoas trans no mundo. Apenas no ano passado, foram 175 …

“No último dia 27/12, Lucas Matheus, ​de 8 anos, Alexandre da Silva, de 10, e Fernando Henrique, de 11, saíram para brincar …

Utilidade Pública CAMTRA: Olá, companheira! Faça a sua doação para as mulheres e crianças desabrigadas pelo incêndio em SANTA CRUZ/RJ.

Companheiras trabalhadoras, tudo bom? Temos uma oportunidade na Assessoria de Comunicação da CAMTRA para mulheres feministas. Requisitos: • Incentivamos candidaturas de mulheres …

Neste final de semana as primas Emily de 4 anos e Rebeca de 7 morreram com um tiro de fuzil enquanto brincavam …

Já são 1000 dias que nossa companheira de luta virou símbolo de resistência. Todos os dias seguiremos perguntando: Quem mandou matar Marielle? …

Todo o nosso apoio a Taliria Petrone, Duda Salabert, Ana Carolina Dartora, Ana Lúcia Martins e Suellen Rossi, mulheres democraticamente eleitas que estão sendo ameaçadas de morte. Elas receberam a mesma mensagem com ameaças de morte, xingamentos racistas, transfóbicos e misóginos.

No dia 23 de Novembro no município de Barreirinha no Amazonas Ana Beatriz de 5 anos foi sequestrada de sua casa, levada …

O Fundo Frida lançou uma matéria para chamar a atenção neste dia 25 de novembro sobre o aumento da violência contra as mulheres e pessoas LGBTQIA+ na região da América Latina durante a pandemia do Corona Vírus.

Hoje é Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres data instituída em 1999 pela ONU para homenagear as …

Amanhã 25/11 é o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres data usada pelo movimento feminista para chamar a atenção sobre as inúmeras violências sofridas pelas mulheres por isso recordamos a série do Dossiê Mulher 2020 organizado pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

Ontem (08/11) a Coordenadora Geral da CAMTRA, Eleutéria Amora, esteve presente ao lado de centenas de outras mulheres no Ato #JustiçaPorMariFerrer no Rio de Janeiro para reivindicar justiça pela vítima de estupro em Florianópolis que teve partes do seu julgamento divulgados na semana passada. Conforme mostram os vídeos divulgados, Mariana além de ser ter sido humilhada pelo advogado de defesa e ter tido que implorar por respeito, ainda precisou ver o empresário André Aranha sair livre ao ter sido sentenciado por “estupro culposo’ um crime que não existe no ordenamento brasileiro, pelo simples motivo de que NÃO EXISTE ESTUPRO SEM INTENÇÃO DE ESTUPRAR.

Domingo as 14 horas na Cinelândia haverá o ato de Justiça Por Mariana Ferrer!Vamos às ruas mostrar que não aceitamos que o judiciário aja de forma machista e desrespeitosa com as mulheres.

Nesta semana o caso de Mariana Ferrer chegou a nível nacional causando grande comoção. Ela foi estuprada em uma casa de festas …

Em novembro de 2016, mês marcado pela luta das mulheres no enfrentamento a violência, o Núcleo de Mulheres Jovens da CAMTRA lançou a Campanha “Contra cultura do Estupro #meunãoimporta”. Esta campanha foi construída ao longo de um ano com a participação de diversas mulheres jovens, que diante da persistência dos altos índices de violência sexual no Brasil, priorizaram abordar a cultura do Estupro.

Em setembro tivemos o julgamento de Andre Aranha, acusado de Estuprar a jovem promoter de Santa Catarina, Mari Ferrer. O acusado foi julgado e o veredito do juiz foi estupro culposo, crime não previsto por lei, inocentando assim o empresário com a justificativa usada pela defesa de que ele não teve a intenção de estuprar a jovem, sendo que as provas apresentadas pela acusação indicavam o contrário.

Foi publicado ontem (27/10) o decreto 10.530/2020, assinado pelo presidente da República e pelo ministro da economia. O decreto autoriza o Ministério …

Essa semana traremos a vocês algumas pesquisas de diferentes temáticas relacionadas às mulheres jovens, já que nessa segunda-feira (26/10) tivemos o Dia Nacional Nacional da Juventude. Hoje falaremos um pouco sobre a Saúde Mental das Jovens Negras.

No dia 17 de outubro foi comemorado o Dia Internacional de Luta Contra a Pobreza e a Violência Sexual. A data foi criada no ano 2000 pela Marcha Mundial das Mulheres a partir do movimento que gerou grande mobilização de mulheres do mundo todo contra a pobreza e a violência sexista.

Mais um dia 14. Já são 2 anos e 7 meses que nossa companheira de luta virou símbolo de resistência. 31 meses sem respostas. Todos os dias seguiremos perguntando: Quem mandou matar Marielle? E porquê? Quanto tempo mais teremos que esperar por respostas?

Hoje, dia 10 de outubro é o Dia Nacional de Luta Contra a Violência à Mulher. A data foi criada em 1980, por conta de um Movimento Nacional realizado na cidade de São Paulo em protesto aos altíssimos índices de crimes de violência contra mulheres em todo o território nacional.

Ontem (06/10/2020) um homem foi preso acusado de abusar de sua enteada de 13 anos em Itaguaí. Esse caso , além de terrível, se tornou mais comum com a pandemia da COVID-19. Estudos mostram que com o confinamento e crises sociais , como desemprego , tem causado um aumento na violência doméstica e na violência contra vulneráveis tendo sido registrado em março um aumento de 50%de denuncias no estado do Rio de Janeiro, além disso 64% das vitimas de estupro são meninas menores de 14 anos.

Ontem foi realizada uma reunião com mulheres representantes de diversas organizações, coletivos de mulheres negras, doulas e dentre outras para discutir sobre a saúde da mulher no Rio de Janeiro, especialmente a das mulheres negras que utilizam os Sistema Único de Saúde.

Na terça-feira (29/09), novamente a vida e a segurança das mulheres foi menosprezada.Em decisão por 3 a 2 votos o STF acatou a absolvição de homem que esfaqueou a mulher por achar que estava sendo traído.

Neste #SábadoFeminista (26/09) tivemos mais uma LIVE DA CAMTRA! Esta semana o tema foi "Luta pela Descriminalização e pela Legalização do Aborto na América Latina e Caribe"

Segundo o artigo 93 da Lei 8.213/1991 cada empresa que cem ou mais trabalhadoras(es) em deverá ter no mínimo em seu quadro de funcionárias(os) de 2% a 5% dos seus cargos ocupados por pessoas com deficiência. Até 200 trabalhadoras/es (2%), 201 a 500 trabalhadoras/es (3%), 501 a 1.000 trabalhadoras/es (4%), 1.001 ou mais trabalhadoras/es (5%).

Na quarta feira (16/09/2020) foram publicadas no Diário Oficial da União as regras para a concessão do Auxílio Emergencial Residual. Este será pago em 4 parcelas de 300 reais ou 600 reais para mães solo até o dia 31/12/2020.

No post de hoje da semana “Dossiê Mulher 2020” elaborado com os dados fornecidos pelo ISP/RJ a questão abordada será o “Descumprimento de medidas protetivas de urgência”. Foram, em média, 188 descumprimentos de medidas protetivas de urgência por mês no estado do Rio de Janeiro.

Nesta terça feira continuamos com as postagens informativas sobre o Dossiê Mulher 2020 . Hoje falaremos sobre a violência patrimonial contra mulheres. A lei Maria da penha define esse tipo de violência como “Qualquer conduta que configure retenção, subtração, destruição parcial ou total de bens, objetos ou recursos econômicos”. Lei n° 11.340/2006 (Maria da Penha) Art. 7o , inciso IV.

Em 2019, 87 mulheres foram vítimas violência moral por dia no Rio de Janeiro de acordo com o Dossiê Mulher 2020/ISP-RJ. Esse tipo de violência se caracteriza por “uma ação, atitude ou intenção que produz dano à dignidade da pessoa. No contexto da violência de gênero, a Violência Moral é o recurso, não raro, sutil e cotidiano, do agressor para a manutenção de uma relação assimétrica de poder.” Sendo dividida em três tipos de acordo com o Código Penal Brasileiro : calúnia, difamação e injúria. ALém dessas o Dossiê inclui a divulgação de cena de estupro ou de estupro de vulnerável como tipos de violência moral.

Somos defensoras da Agenda Marielle Franco!  No dia que se completam 30 meses sem Marielle e Anderson, a CAMTRA reafirma seu compromisso com a memória de Marielle e apoiamos a Agenda Marielle Franco. Uma iniciativa do @institutomariellefranco, que é um conjunto de pautas e práticas antirracistas, feministas e populares a partir do legado de Marielle para as eleições de 2020!

A cada 24 horas, 114 mulheres foram vitimas de violência psicológica no ano passado, número que reflete as denúncias feitas apenas no estado do Rio de Janeiro. Mais de 30% desses casos ocorreram no interior do estado e mais da metade das mulheres eram pretas ou pardas.

A cada 24h, 18 mulheres sofreram violência sexual no Rio de Janeiro em 2019. Este aumento crescente da violência sexual é evidente nos dados que trazemos dando continuidade a série do Dossiê Mulher 2020/ISP-RJ. Como crimes de violência sexual o documento enquadra os delitos de estupro, tentativa de estupro, importunação ofensiva ao pudor, importunação sexual, assédio sexual e ato obsceno.

Hoje continuamos com as postagens sobre o Dossiê Mulher 2020 que traz a análise da violência sofrida pelas mulheres no ano de 2019 no Estado do Rio de Janeiro. O relatório realizado pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro é dividido por tipos de violência e hoje focaremos nos dados de violência física. Esse tipo de violência é “evidenciada a partir de vários tipos de conduta que ofendem a integridade ou a saúde corporal da vítima” englobando homicídio doloso, tentativa de homicídio, feminicídio e lesão corporal dolosa.

68,2% das mulheres vítimas de feminicídio no Rio de Janeiro eram negras, mesmo as brancas sendo maioria na população.“O Feminicídio é a forma mais extrema da violência contra a mulher.”

Nesse momento em que a sociedade brasileira está impactada pelas falhas na proteção de uma criança de 10 anos, vítima de repetidos estupros por quase metade de sua vida, e ainda a negação do direito que essa menina negra, pobre, do litoral do Espírito Santo, encontrou até a realização do procedimento assegurado por lei e determinado em decisão judicial, é inadiável falar de aborto e violência racista contra meninas e mulheres.

Já podem colocar na agenda porque nesse sábado (29/08) às 16 horas conversaremos sobre o "Mês da Visibilidade Lésbica"

Hoje dia 27/08/20 o M.A.L.O.C.A (Movimento Alternativo Libertário e organizado em prol da Cidadania) iniciou A doação de kits de higiene, preservativos feminino e masculino, cartilha da lei Maria da Penha e materiais educativos doados pela CAMTRA

Nascida no Texas, Estados Unidos Barbara jordan foi a primeira negra do sul país a ser eleita para o congresso americano exercendo seu mandato entre 1972 e 1978.

“Não tem diferença entre você se apaixonar por homem ou por mulher… Todo mundo quer ser feliz” Cantora e violonista de MPB, …

Nascida no Rio de Janeiro, se formou escolas públicas do Rio de Janeiro, chegou a cursar odontologia, mas não prosseguiu pois optou por caminhos de intervenção social, principalmente dos grupos mais invisibilizados.

“Fui massacrada (por ser mulher). Desde os primórdios da civilização a mulher luta pelo direito de falar, de pensar. Se o homem escreve, ele é sábio, experiente. Se a mulher escreve, é ninfomaníaca, tarada.” (Entrevista, revista TPM)

  Amanhã (22/08) as 16 horas conversaremos sobre o Trabalho, Tempo e Vida das Mulheres Trabalhadoras em Tempos de COVID Para falar …

"(...)identificamos nossa luta contra o preconceito e passamos a existir política, social e culturalmente, rasgando o manto de invisibilidade que tanto interessa ao sistema.”

No dia 19 de agosto, barradas na entrada, elas iniciam uma manifestação com panfletagem, unidas com outros companheiros gays e parlamentares conseguiram entrar, leram o manifesto e marcaram o Dia Nacional do Orgulho Lésbico.

Hoje 19 de agosto – Dia do Orgulho Lésbico iniciamos a campanha de Visibilidade Lésbica. Todos os dias vamos postar uma mulher …

O Artigo 130 do ECA protege meninas/os de abusos sexuais dentro de suas casas, afastando delas/es o seu agressor e definindo pena maior e específica para quem praticar esse crime contra crianças e adolescentes.

“...ela apertava contra o peito um urso de pelúcia e só de tocar no assunto da gestação entrava em profundo sofrimento, gritava, chorava e negava a todo instante, apenas reafirmando não querer -a gestação-"

No dia 14 de agosto ( sexta feira passada) o Brasil soube de mais um caso, infelizmente comum e subnotificado, de uma criança vitima de estupro , dentro do núcleo familiar, pelo seu tio , e com gravidez resultante do mesmo.

Neste #SábadoFeminista (15/08) teremos mais uma LIVE DA CAMTRA! Esta semana o tema será “Mulheres em Luta no Campo e na Floresta Contra a Covid-19”

O Brasil chegou na data de 13.08.20, ao número de 105.463(SUS) mortes, se pensarmos em cada pessoa que perdeu sua vida na batalha contra a COVID-19 existe um história, uma família, uma amiga/o, seus esforços do cotidiano, embora a morte chegue para todas/os, não esperamos nós, que não seja sem luta, sem as condições necessárias, uma política de governo para enfrentar um inimigo perigoso, que está entre nós, é invisível, o coronavírus, mas o descaso do governo brasileiro, este infelizmente é bem visível, deixou seu povo a própria sorte, ao abandono, ao descaso, ao desemprego e a morte.

Ontem, 09 de agosto, No Dia Internacional dos Povos Indígenas o Brasil ultrapassou a marca dos 100.000 mortos por Covid-19. Em comunidades indígenas o número de contaminadas/os já chegam a 23.339, sendo 651 mortes atingindo 148 povos.(APIB). Confira o texto completo.

Há 14 anos o movimento feminista brasileiro obteve um de seus maiores marcos: a aprovação da Lei no 11.340 conhecida como Lei Maria da Penha, que visa coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, dando assistência e proteção às vítimas e punindo seus/suas agressores/as.

  Em 1993 a ONU adotou a Declaração sobre a Eliminação da Violência contra a Mulher, passando então a ser tema específico …

Dani Santana - Historiadora, ativista e associada da Camtra fala sobre o racismo e a luta das mulheres negras no Brasil e na Argentina em entrevista ao jornal "El Grito del Sur". Confira!

Hilária Batista de Almeida mais conhecida como Tia Ciata de Oxum, é a nossa homenageada para fechar o #JulhodasPretas.

A guerreira negra cuja memória resistiu e resiste à todas as tentativas de apagamento!

#JulhodasPretas #25mujeresAfro – Aniversário de Marielle Franco! Marielle VIVE! Nascida em 27 de julho de 1979, no Complexo da Maré, Marielle Francisco …

Laudelina de Campos Melo: revelando o racismo, pela valorização das trabalhadoras.

“O Brasil precisa ser dirigido por alguma pessoa que já passou fome, a fome também é professora. Quem passa fome, aprende a pensar no proximo e nas crianças” Carolina de Jesus: rompendo a invisibilidade, torna-se uma das primeiras escritoras negras no Brasil.

Atividade é parte do Encontro sobre Mulheres, resistência, direitos e Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil – MROSC

No mês da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, a Camtra homenageia as heroínas negras brasileiras.

No dia 15 de julho, a Camtra realizou a primeira conversa virtual do “Encontro de Mulheres Lideranças do Acre e região e …

O recente episódio de violência policial sofrido por uma comerciante, mulher negra de 51 anos, na periferia de São Paulo, é mais um triste exemplo da violência e do racismo estrutural infligidos sobre os corpos das mulheres negras.

113 anos do nascimento de Frida Kahlo.

Não se cale, traga sua a sua dor, a sua humilhação, esta é a sua força, a nossa força, para enfrentarmos as injustiças, e seguirmos na nossa resistência por direitos!

Educar para Autonomia na Escola e em Casa, durante e pós pandemia

Com o/a agressor em casa, os crimes de violência sexual subiram 17% em relação a 2019 no estado do RJ. A razão para este aumento é o machismo estrutural que possibilita o estupro sem punição quando ocorre entre marido e mulher.

Basta de racismo e de violência contra corpos pretos, basta de violência contra as mulheres.

Brasil registra 66,4  mortes maternas a cada 100 mil habitantes, mais que o dobro da meta da ONU. As mulheres negras somam mais da metade (62,8%) destas vítimas.

Margaridas, camponesas, sem terra, indígenas, quilombolas, ribeirinhas, das águas e da floresta semeiam, plantam, colhem garantem o seu sustento e de nossas …

Após a mobilização nacional das/os estudantes, que envolveu diversos setores da sociedade brasileira, no movimento #adiaenem, o MEC anunciou essa semana o adiamento do Exame Nacional do Médio - Enem e do prazo de inscrições. Segundo o anúncio a prova será realizada em versão presencial e digital, 30 a 60 dias depois da data original. As inscrições que se encerrariam hoje (22/05) passaram para a próxima quarta (27/05). Mas essas mudanças ainda são insuficientes para superar as desigualdades educacionais que ficaram ainda maiores entre as candidatas/os durante a pandemia.

São mais de duas décadas de luta e resistência pelos direitos das mulheres trabalhadoras, e enfrentamento da violência contra as mulheres em diversas esferas: Doméstica, sexual, de trabalho, e também no combate ao racismo e a LGBTfobia!

Conheça alguns serviços de atendimento à mulher em situação de violência que podem te ajudar e como eles estão funcionando durante a quarentena!

A Casa da Mulher Trabalhadora-CAMTRA e a Plataforma por um Novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil - Plataforma MROSC repudiam veementemente as declarações do Presidente da República que usou os casos de violência contra as mulheres para defender o fim do isolamento social frente à pandemia do novo coronavírus.

O Presidente da República sancionou na noite de ontem (01/04), o Projeto de Lei aprovado pelo Senado e Congresso que destina um auxílio financeiro emergencial, de R$ 600 até R$ 1,2 mil à trabalhadoras/es de baixa-renda, informais e/ou desempregadas/os prejudicadas pela pandemia do novo coronavírus. A medida volta agora ao Congresso, que pode derrubar ou não as alterações feitas no texto pelo presidente, e finalizada essa fase, será publicada no Diário Oficial e passará a valer como lei.

COMUNICADO: Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, da Organização Mundial da Saúde e demais órgãos competentes de Saúde e Vigilância Sanitária …

Confira todas as atividades que a Casa da Mulher Trabalhadora realizou ao longo de 2019! Acesse::Relatorio Anual de atividades 2019 CAMTRA

Hoje, Dia Internacional de Enfrentamento a Violência contra a Mulher, 25 de novembro, a Camtra fez uma série de postagens nas redes sociais …

Há algumas semanas conseguimos derrubar a excludente de ilicitude no Grupo de Trabalho da Câmara dos Deputados. A mesma proposta vai ser …

CAMTRA DIVULGA: A Revista AzMina está convidando repórteres mulheres com experiência, para se candidatarem a bolsas de reportagem investigativa. Para participar desta …

CAMTRA DIVULGA: Dia 18 de Setembro, as 10 horas, na Câmara Municipal de Duque de Caxias, acontecerá mais uma audiência pública da …

O 13ª Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado na última terça-feira, dia 10 de setembro, registrou recorde da violência sexual no Brasil. …

A cada 4 minutos uma mulher é agredida por um homem no Brasil!   Os números fazem parte de um levantamento inédito …

Hoje, às 16 horas, a Seleção Brasileira de Futebol feminino entra em campo novamente, dessa vez contra a Itália. Na última quinta-feira …

Semana passada, no dia 30/04, foi lançado o Dossiê da Mulher 2019, que revelou que o estado do Rio de Janeiro registrou …

Iniciamos mais um mês com notícias de mulheres assassinadas em nosso Estado. Já no segundo dia do mês de abril, Cristiane da …

Sem Dó e Sem Piedade: 80 Tiros. Quem responderá pelos crimes do estado brasileiro? Em tempos de guerra, em tempos de fome, …

Agora o 188 vale em todo o território nacional!   Segundo levantamento do Ministério da Saúde, mulheres com histórico de violência chegam …

Nos dois primeiros meses de 2019, a cada 7 dias uma mulher foi vítima de feminicidio no estado do Rio de Janeiro …

Iasmyn Souza (20) e Caio Dantas (24), casal de pessoas negras e LGBTI+ que morava em Angra dos Reis – RJ foi …

O primeiro Dia Marielle Franco está raiando e graças a ela e ao terror que sua morte nos causou é também o …

25 de novembro é o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres. A data foi criada no 1º Encontro Feminista …

Eleutéria Amora, coordenadora geral da Casa da Mulher Trabalhadora (Camtra) diretora da Abong, e Chirlei Andrade, assistente administrativa do Projeto de Fortalecimento …

Quando um jovem ou uma jovem sofre um assassinato na favela, não é só ele que morre. A família toda vai com …

17Mexeu com uma, mexeu com todas! Nessa última sexta-feira, dia 17 de agosto, alunas/os e ex-alunas/os subiram a hashtag #AssédioÉHábitoNoPensi contando relatos …

Hoje completam 12 anos da aprovação da Lei Maria da Penha. Fruto da luta histórica do movimento feminista e da denúncia do …

No dia 18 de maio, na comemoração de 21 anos da CAMTRA, a artista Giulia Santos nos presenteou com um mural feito …